“Cada criança tem seu tempo” Será?

Este é um assunto que merece MUITA ATENÇÃO! 

 Sabemos que um dos principais sinais de que uma criança possui alguma deficiência cognitiva ou intelectual, é o ATRASO COM RELAÇÃO ÀS DEMAIS CRIANÇAS DA MESMA IDADE,  muitas vezes este atraso só é percebido no momento em que a criança começa a ir para a escola justamente por não conseguir acompanhar as atividades dos demais colegas.

Mas será que a criança já não teria dado alguns sinais de que algo não ia bem?

Muitas mães demoram a perceber que seu filho possui algum atraso devido a dificuldade em admitir este fato. Mas a verdade é que não podemos considerar que cada criança tem seu tempo e imaginar que de uma hora para outra a criança disparará a fazer uma tarefa que ela não desenvolveu. 

🕠

 Um exemplo disso pode ser o início da fala, em torno de 6 meses o bebe já deve balbuciar e duplicar algumas sílabas, como “ma” “mama” mesmo que este balbucio ainda não tenha uma função especifica. 

 Já entre 12 e 18 meses estas sílabas devem possuir uma função, como olhar para o pai e dizer “papa” e para a mãe e dizer “mama”. E assim por diante, até que por volta de 2 anos é esperado que a criança já tenha um vocabulário de pelo menos 200 palavras funcionais. 

Perceba que cada etapa se faz necessária para que a próxima se desenvolva, uma criança que não balbucia e não junta sílabas não se desenvolve fisicamente para poder falar palavras completas.

Afinal o desenvolvimento é um processo de construção, onde a criança não conseguirá falar “papa” sem antes dizer “pá” e não conseguirá emitir uma palavra, sem antes ter aprendido a duplicar as sílabas… E assim por diante.

A questão é que devemos sempre estar atentos as crianças da mesma idade dos nossos filhos, tanto com relação a fala quanto com relação a diversos outros fatores como psicomotricidade, senso de direção, desenvolvimento escolar e social , e verificar se o desenvolvimento das crianças está seguindo o padrão de acordo com a determinada faixa etária.  

Caso seu filho apresente algum atraso não hesite em procurar ajuda, pois quanto antes a criança for estimulada melhor ela poderá se desenvolver.  

Para mais informações entre em contato.

Quem ama cuida.

Autor: Carolina Teixeira Bertti – Psicóloga Infantil – CRP 06/149000 
WhatsApp (11) 98206-8024
E-mail: contato@carolpsicologia.com.br